Conservador do Museu de Setúbal diz que “Secil tem que fechar”

gargola.jpg

Gárgola, Séc. XV
Convento de Jesus, Setubal,
Copyright: © Courtauld Institute of Art

Conservador do Museu de Setúbal diz que “Secil tem que fechar”

“Mais cedo ou mais tarde, o concelho terá que enfrentar o encerramento da Secil”, defendeu António Batista Pereira, conservador do Museu de Setúbal, no passado sábado, numa conferência sobre o património setubalense. No encontro, realizado no Museu do Trabalho Michel Giacometti e subordinado ao tema “À Descoberta do Património da Nossa Cidade”, Batista Pereira referiu que “a Secil já marcou demasiado a Serra da Arrábida”, sendo hoje “um do símbolos da industrialização da região”. “No entanto, no futuro poderiam ser dados vários destinos àquele complexo industrial, como a instalação de um pólo museológico”, sugeriu.

Para o responsável do Museu de Setúbal, “a conservação do património passa também por defender a herança natural”. Nesse sentido, Batista Pereira considera que “há cada vez mais um sector de turismo ambiental que o concelho tem que desenvolver na serra e no rio”. Para isso, o conservador aponta o “caminho das soluções diversificadas”, de modo a “encontrar um equilíbrio entre a indústria e o património natural, nomeadamente no caso da Secil e da Arrábida”.

Fazendo uma análise da situação patrimonial de Setúbal, Batista Pereira apontou ainda o “mau ordenamento territorial do concelho” como “uma das áreas negras da cidade”. “Os problemas da baixa comercial assemelham-se muito aos dos armazéns do Chiado quando ardeu”, lembrou, alertando que “não se pode continuar a utilizar os andares superiores dos edifícios como armazéns das lojas, correndo o risco de acumular material inflamável”. Para Batista Pereira, esta situação poderá levar a “um cenário catastrófico, à semelhança do que aconteceu em Lisboa”.

Em relação ao estado de degradação do Convento de Jesus, Batista Pereira adiantou que “as boas relações” entre a Câmara Municipal (CMS) e o Instituto Português do Património Arquitectónico (IPAAR) deixam o Museu de Setúbal “optimista”. Contudo, o conservador lembra que “a recuperação daquele espaço talvez leve mais tempo que a própria construção”, já que “as empreitadas programadas são ainda bastante pequenas”. Batista Pereira informou que está já contratualizada a construção de um edifício anexo ao convento, a ser projectado por “um arquitecto de renome”, bem como a “requalificação do largo com mais arborização” e, assegura o responsável do museu, “sem espaço para skaters”.

A conferência inseriu-se nas XIV Gincanas Culturais, uma iniciativa da CMS em parceria com o Museu de Setúbal e com a colaboração de cerca de 200 alunos dos 1º e 2º ciclos do ensino básico.

Fonte: Setubal na Rede, 05/03/2007

Publicités

2 Réponses to “Conservador do Museu de Setúbal diz que “Secil tem que fechar””

  1. isabel victor Says:

    Pois … a Sécil, ao longo destes anos, deixou a Arrábida em chagas ! Está agora na altura de mudar de uso. De mudar de sentido. Tornar-se um polo Museológico interveniente e um Centro de estudos que reinvente as memórias do trabalho, devolva o justo equilíbrio ao exuberante património natural, se comprometa com o desenvolvimento, crie riqueza, dialogue com a cidade e a Troia, mesmo em frente, na captação de novos recursos turisticos e na valorização paisagística.

  2. Ana Carvalho Says:

    Sim, de facto a Secil deixou uma ferida aberta na serra da Arrábida. Desconhecia esta proposta de criar um polo museológico e um centro de estudos, mas parece-me uma ideia excelente e que revela que os museus de Setúbal têm um papel interventivo nos temas que narcam a actualidade. Mas adivinha-se uma batalha difícil. Boa sorte e preserverança!
    Saudações,
    Ana Carvalho

Laisser un commentaire

Entrez vos coordonnées ci-dessous ou cliquez sur une icône pour vous connecter:

Logo WordPress.com

Vous commentez à l'aide de votre compte WordPress.com. Déconnexion / Changer )

Image Twitter

Vous commentez à l'aide de votre compte Twitter. Déconnexion / Changer )

Photo Facebook

Vous commentez à l'aide de votre compte Facebook. Déconnexion / Changer )

Photo Google+

Vous commentez à l'aide de votre compte Google+. Déconnexion / Changer )

Connexion à %s


%d blogueurs aiment cette page :