Para onde vai o museu de arte contemporânea?

conf-museus-do-sec-21.jpg

Para onde vai o museu de arte contemporânea?
Culturgest, 3 Janeiro 2008
©Ana Carvalho

Teve lugar a primeira sessão do ciclo de conversas em torno da exposição « Museus do Século XXI – Conceitos, projectos, edifícios ». « Para onde vai o museu de arte contemporânea? » foi o mote da conversa da passada quinta-feira e que contou com a presença de Raquel Henriques da Silva*, João Pinharanda* e Ricardo Nicolau* (moderador).

Como era esperado, a avaliar pelos convidados, esta conversa pontuou, na nossa opinião pela pertinência e qualidade das intervenções. Qual a relação da arte com a arquitectura? Qual o papel do coleccionador dos nossos tempos? Arte, mercado e museus, que relação?
Das colecções aos museus. O caso concreto do MACE – Museu de Arte Contemporânea de Elvas. Contexto e expectativas para o futuro.
O nascimento dos museus de arte contemporânea no ínicio do séc. XX e sua evolução. O questionamento dos museus como locais de legitimação, locais de fabricação, o « museu laboratório », etc. Também se chamou a atenção para o papel dos museus como potenciais instumentos para a regeneração do tecido urbano e como motor do desenvolvimento ao nível do turismo.
A discusão em torno da arquitectura de museus não podia deixar de mencionar o fenómeno Bilbao. O museu Guggenheim Bilbao alimenta acesas discussões como foi evidente ao longo desta conversa, uns gostam outros detestam. De qualquer maneira faz-nos pensar nessa característica que os museus têm que é da sua constante capacidade de mutação e transformação.
A conversa acabou por disparar em muitas direcções, todas elas actuais, como a questão do papel dos directores de museu e a questão dos concursos públicos, natureza e carácter dos protocolos entre coleccionadores e museus, a existência ou não de políticas culturais, linhas programáticas, o papel do marketing, serviços educativos, etc.

Destacamos como sugestão de leitura – « What Makes a Great Exhibition? », uma das referências bibliográficas, entre outras, mencionadas no decorrer da conversa:

what-makes-a-great-exhibition.jpg

What Makes a Great Exhibition?
Autor: Paula Marincola (Edição)
Publicação: University of the Arts, Philadelphia Exhibitions Initiative, US
2007-07-21, Inglês
Descrição Física: 184 p.
ISBN-10: 0970834616
ISBN-13: 978-0970834614

Pode adquirir este livro nos seguintes endreços:
http://www.amazon.ca/
http://www.bookdepository.co.uk/

————————————————————————————
*Raquel Henriques da Silva é Professora na FCSH/UNL, foi directora do Museu Chiado (1994-97) e do Instituto Português de Museus (1997-2002). Integrou a partir de 2000, o Conselho de Administração da Fundação de Serralves, em representação do Ministro da Cultura.
*João Pinharanda é o actual director do Museu de Arte Contemporânea de Elvas – MACE. Historiador de arte, crítico de arte, comissariou inúmeras exposições, colabora com a Fundação EDP.
*Ricardo Nicolau (Tomar, 1976) é crítico de arte e comissário de exposições. Tem escrito regularmente para catálogos de artistas e integrado júris de prémios e residências, em Portugal e no estrangeiro. Entre 2003 e 2005 foi editor e director da publicação sobre arte contemporânea Pangloss. Tem colaborado com várias revistas de arte portuguesas e internacionais, designadamente a Contemporary e a W-art. Actualmente é assessor do director do Museu de Arte Contemporânea de Serralves.
——————————————————————————————-
Parabéns à Culturgest por esta iniciativa!

Publicités

Étiquettes : , , , , , , , , ,

Une Réponse to “Para onde vai o museu de arte contemporânea?”

  1. Robson Xavier da Costa Says:

    Minha pesquisa de tese em desenvolvimento para o doutorado em Arquitetura e Urbanismoentre a arte contemporânea e a arquitetura de museus contemporâneos. A discussão proposta no encontro me interessa integralmente. Parabenizo pela iniciativa, solicito novas indicações de leituras, inclusive de teses e dissertações sobre o assunto e me coloco a disposição para contribuições. Robson Xavier, docente do Departamento de Artes Visuais, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), João Pessoa, Paraíba, Brasil. Esse debate foi gravado em DVD, e é possível acessar pela internet?? Aguardo contato.

Laisser un commentaire

Entrez vos coordonnées ci-dessous ou cliquez sur une icône pour vous connecter:

Logo WordPress.com

Vous commentez à l'aide de votre compte WordPress.com. Déconnexion / Changer )

Image Twitter

Vous commentez à l'aide de votre compte Twitter. Déconnexion / Changer )

Photo Facebook

Vous commentez à l'aide de votre compte Facebook. Déconnexion / Changer )

Photo Google+

Vous commentez à l'aide de votre compte Google+. Déconnexion / Changer )

Connexion à %s


%d blogueurs aiment cette page :