Posts Tagged ‘Museu da Presidência da República’

Hoje no Museu da Presidência acontece…

février 19, 2009

tropas-port-na-flandres-museu-de-angra-do-heroismo

Tropas Portuguesas na Flandres
©Museu da Presidência da República

Lançamento
VISÃO HISTÓRIA E MUSEU DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA MOSTRAM O OUTRO LADO DA PARTICIPAÇÃO PORTUGUESA NA I GUERRA MUNDIAL

– Lançamento da Revista Visão História na quinta-feira, dia 19 de Fevereiro, às 19 horas, no Museu da Presidência da República

No ano em que se assinalam os 90 anos do Tratado de Versalhes, a revista “Visão História” e o Museu da Presidência da República lançam, em conjunto, um número dedicado ao tema, para relembrar a participação portuguesa na Primeira Guerra Mundial, as figuras mais destacadas do Corpo Expedicionário Português e o quotidiano nas trincheiras.

O Museu da Presidência da República está a preparar um conjunto de iniciativas que evocam a I Guerra Mundial. Uma grande exposição temporária, um ciclo de cinema, concertos e um conjunto de publicações são algumas das actividades que se encontram em preparação e que vão desenrolar-se ao longo do ano.

O primeiro evento será o lançamento da revista “Visão História”, totalmente dedicada a este tema, realizado em parceria com o Museu da Presidência da República. Diogo Gaspar, director do Museu, Cláudia Lobo, directora da revista “Visão História”, e Elsa Santos Alípio, investigadora do Museu da Presidência da República, vão dar a conhecer, na sessão de lançamento, alguns aspectos menos conhecidos sobre a participação portuguesa na I Guerra Mundial.

Durante décadas conhecido por “Grande Guerra”, o conflito sangrento que ocorreu entre 1914 e 1918 semeou o luto em muitas famílias portuguesas, mas é agora praticamente ignorado pelas novas gerações, apesar do sacrifício dos mais de 50 mil compatriotas mobilizados para as trincheiras no Norte de França e das sete mil vítimas que provocou.

(Fonte: Informação enviada Museu da Presidência da República)

Museu da Presidência da República distinguido com Prémio Europeu « Europa Nostra » 2008

mai 14, 2008

O Museu da Presidência da República foi distinguido com o Prémio do Património Cultural da União Europeia/Europa Nostra 2008, pelo trabalho de investigação sobre o património material e imaterial do Palácio de Belém, que permitiu a concepção e produção da exposição e do catálogo “Do Palácio de Belém”.

A cerimónia de atribuição do galardão vai ter lugar no próximo dia 12 de Junho na Catedral de Durham, no Reino Unido, e será presidida pela Infanta D. Pilar de Borbón, Presidente da “Europa Nostra” e pela Directora-Geral de Educação e Cultura da Comissão Europeia, Odile Quintin. O prémio será recebido pelo Dr. Diogo Gaspar, director do Museu da Presidência da República.

O Prémio Europa Nostra (segundo os organizadores) foi atribuído ao Museu pela “qualidade excepcional do projecto de investigação, e pela sua contribuição inestimável para a salvaguarda do património cultural na Europa”.

Trata-se do segundo prémio (depois do Prémio José de Figueiredo 2006, da Academia Nacional de Belas-Artes) concedido ao projecto de investigação desenvolvido entre 2003 e 2005, que se concretizou com produção da exposição “Do Palácio de Belém” (patente ao público entre Outubro de 2005 e Fevereiro de 2006) e com um conjunto de sete separatas e um catálogo. Estas obras tiveram como propósito contribuir para o estudo da actual residência oficial do Presidente da República, disponibilizando informação sobre o seu património móvel, imóvel e imaterial, que se manteve desconhecido durante muitos anos.

Neste trabalho, coordenado pelo Director do Museu da Presidência da República, Dr. Diogo Gaspar, colaboraram reputados especialistas em diversas áreas da História de Arte: estuques; iconografia; pintura; escultura; porcelana; ourivesaria; mobiliário. Foi traçada a evolução desde o papel de quinta de veraneio desempenhado durante a monarquia, até à actualidade, quando o Palácio de Belém passou a adquirir um importante protagonismo político depois de se tornar residência oficial do Chefe de Estado.

As sete separatas, complementares ao catálogo, permitem leituras segmentadas sobre as colecções do Palácio de Belém, que surgem agrupadas da seguinte forma: “Ourivesaria e porcelana”; “Azulejaria, tectos e estuques”; “Arquitectura”; “Jardins e escultura”; “Vivências, sítio e iconografia de Belém”; “Pintura e mobiliário”; “Picadeiro de Belém”.

(Fonte: Serviço de Comunicação do Museu da Presidência da República)

———————-

A Medal in Category 2 – Research has been given to Do Palácio de Belèm by the Museum of the Presidency of the Portuguese Republic, Portugal. The publication and exhibition Do Palácio de Belèm were the result of a meticulous research into the Belèm Palace and its interior and collection. A full inventory was organised, in which renowned experts from various fields took part. Apart from the inventory, the research included comparative research into other national palaces and the recuperation of parts of the collection that had been dispersed into other public and private collections.

The project is admired for making accessible to citizens the Palácio de Belèm, a building that reflects an important part of Portugal ‘s national identity and of its contemporary history. The rigorous inventory and the publications presenting the results are of outstanding quality and should be considered an example for similar research projects in Portugal and in Europe .

(in http://www.europanostra.org/)

Sobre os Prémios Europa Nostra veja aqui:
http://www.europanostra.org/lang_en/index.html

1.º Seminário da hands on!Portugal, 26 Mar. 2008

mars 19, 2008

No próximo dia 26 de Março 2008 terá lugar o primeiro seminário da hands on Portugal no Museu da Presidência da República (14h30-17h30) intitulado «Museus que TOCAM no futuro». A organização do evento cabe ao Comité Nacional da HANDS ON! EUROPE.

Tendo em conta o 10.º Aniversário da constituição da Hands On! Europe, o Comité Nacional da Associação deciciu neste contexto organizar em Lisboa um seminário na área da Museologia e Educação, daí resultando este 1.º seminário que aqui anunciamos.

Note-se, a HANDS ON!EUROPE é uma associação de âmbito internacional, sem fins lucrativos, que foi constituída a 26 de Março de 1998, em Portugal, por iniciativa das seguintes instituições:

– Museu das Crianças (Portugal) – Margarida de Lancastre
– Zoom Kindermuseum (Austria) – Claudia Haas
– Kit Tropenmuseum (Holanda – Amsterdão) – Sannette Naeyé
– Musée des Enfants (Bélgica) – Kathleen Lippens
– Enchanted Worlds (Holanda – Roterdão) – Fred Wartna

A Hands On! Europe – Association of Children’s Museus, que teve a sua primeira sede em Lisboa, tem como principais objectivos:

– Ser uma voz activa na defesa dos interesses das crianças e dos jovens, no que respeita ao seu desenvolvimento educativo e cultural, através da criação e desenvolvimento dos Museus das Crianças na Europa e no Mundo.
– Promover o intercâmbio de investigação na área pedagógica, de projectos e de exposições a nível internacional.
– Oferecer apoio e suporte metodológico aos museus e instituições que trabalham regularmente com público infanto-juvenil e famílias.
– Realizar, de 2 em 2 anos, conferências internacionais no âmbito da Museologia e das Ciências da Educação.

Começou por ser uma organização essencialmente ligada a Museus das Crianças que, rapidamente, foi adoptada por museus de cariz tradicional, cujo público-alvo era, na sua maioria, constituido por público escolar, crianças, professores e famílias. Estas instituições buscam na Associação, sobretudo, suporte metodológico e investigação avançada na área pedagógica directamente ligada à museologia, de forma a inovarem eficazmente os seus serviços de público.

Hoje a Hands On! conta com cerca de 150 membros. Entre os seus sócios, destacam-se museus de renome internacional e diversas instituições culturais da área da museologia.

HANDS ON! | PORTUGAL
Portugal foi pioneiro ao criar, em 2007, o primeiro Comité Nacional desta Associação, do qual são parceiras as seguintes instituições: Museu das Crianças, Jardim Zoológico, Museu Nacional de História Natural e Museu das Presidência da República.

Programa:

14H30 – Início das Conferências
‘Hands On!’, 100 anos de Museus ao serviço das crianças e suas famílias, por Margarida de Lancastre, Museu das Crianças

Educação e Conservação, por Antonieta Costa, Jardim Zoológico

Museus onde o tocar cria pontes para o conhecimento! Por Bruno Ribeiro/Liliana Póvoas, Museu Nacional de História Natural

16H00 – pausa para café

Museus com qualidade pedagógica.
O Museu Criativo como alternativa à educação formal da criança
, por Gabriela Cavaco, Museu da Presidência da República

O desafio da acessibilidade em Museus|O papel da mediação educativa, por Helena Miranda, Museu da Presidência da República

A Inscrição é gratuita, mas é necessário realizar a inscrição.

Mais informações:
email: museu@presidencia.pt

Telefones:
+351 213 976 007 (Museu das Crianças)
+351 217 232 960 (Jardim Zoológico)
+351 213 921 822 |74|78 (Museu Nacional de História Natural)
+351 213 614 660 (Museu da Presidência da República)

Fonte: Lista Discussão MUSEUM

Museu da Presidência organiza ciclo de cinema…

janvier 3, 2008

carta-de-chamada.jpg

O Museu da Presidência da República vai organizar o ciclo de cinema “Emigração Portuguesa” entre os dias 5 e 8 de Janeiro de 2008, no cinema S. Jorge, associado à exposição « Traços da Diáspora Portuguesa » que poderá ser visitada até ao dia 30 de Janeiro de 2008, na Gare Marítima de Alcântara, em Lisboa.

Esta iniciativa, com entrada gratuita, é composta por filmes maioritariamente portugueses e documentais (sendo alguns apresentados pelos realizadores e comentados por especialistas), estando a sua temática relacionada com os núcleos apresentados na exposição referida.

« Do continente e das ilhas, para os quatro cantos do mundo, milhões de portugueses viveram e vivem, ainda, a experiência da emigração. Actualmente habitam fora do território nacional perto de 5 milhões. Este fenómeno, que alguns cientistas sociais consideram estruturante da sociedade portuguesa, convocou, ao longo dos séculos, variadas origens e destinos, assumindo múltiplas formas e diferentes expressões. Só no século XX terão partido, legal ou clandestinamente, cerca de 3 milhões de portugueses. Fora do estrito âmbito académico, a emigração portuguesa excepcionalmente mereceu uma reflexão e um debate alargado na sociedade portuguesa e, não raras vezes, aos protagonistas desta história apenas foi reservado o lugar de espectador de polémicas e desassossegos em torno dos seus retornos. »

« Alguns destes filmes são praticamente desconhecidos do público, tendo sido raras vezes exibidos nos circuitos nacionais, facto que por si justificaria a iniciativa. Realizados por artistas de diferentes gerações e formações, alguns dos quais conheceram na primeira pessoa a experiência da emigração, constituem um painel diversificado e abrangente de perspectivas sobre o tema. A par de realizadores conceituados como Paulo Rocha, João Canijo ou Jorge Paixão da Costa, incluíram-se nesta iniciativa filmes de artistas portugueses mais jovens com trabalho reconhecido internacionalmente, como é o caso de João Pedro Rodrigues, ou com trabalhos premiados como Cristina Ferreira Gomes e Nuno Pires. O programa dará ainda a conhecer ao público português os filmes do francês Philippe Costantini, “Pedras de Saudade” e “Les Cousins d’Amérique” e permitirá, ainda, rever os notáveis “Crónica de Emigrados”, de Manuel Madeira, e “O Salto”, de Christian de Chalonge, este último galardoado, em 1968, com o prestigiado Prémio Jean Vigo. »

Descarregue o Programa

Mais informações:
Museu da Presidência da República
Palácio Nacional de Belém
Pç. Afonso de Albuquerque
1349-022 Lisboa
Tel. 213 614 660
museu@presidencia.pt
www.museu.presidencia.pt
http://www.egeac.pt/

Fonte: Informação enviada pelo serviço de comunicação do Museu da Presidência da República